Restauração de Dente: Saiba mais sobre esse procedimento

A restauração de dente é um processo de reconstrução parcial das estruturas dentárias que são danificadas em decorrência de traumas físicos na região ou como consequência do agravamento de doenças bacterianas, como as cáries.

O maior objetivo deste tipo de tratamento é recuperar a forma e a funcionalidade das estruturas dentais, removendo os tecidos deteriorados pela erosão microbiana e preenchendo o espaço restante com materiais sintéticos odontológicos.

Esse procedimento é importante porque o esmalte dentário – camada mais externa da coroa dental – é responsável por fazer a proteção dos tecidos nervosos e radiculares do dente, impedindo com que eles sejam danificados.

Deste modo, se essa estrutura apresentar algum tipo de rachadura, trinco ou cavidades pode haver uma infiltração de bactérias, espalhando inflamações até para a raiz dos dentes. 

Por isso, a restauração dente da frente – e de todos os dentes – é crucial no impedimento de deteriorações posteriores.

Como a restauração dentária é feita

A restauração no dente é iniciada com uma avaliação do cirurgião-dentista, onde o profissional deverá identificar quais unidades devem ser tratadas e quais são os procedimentos ideais para cada quadro clínico.

No caso dos pacientes que sofrem com as cáries, o procedimento iniciará com a remoção de toda a região danificada pelas bactérias, sendo seguido por uma limpeza profunda da cavidade restante.

Em seguida é aplicado materiais, como a resina ou amálgama, para que seja possível cobrir a região afetada.

Esse encobrimento da região afetada serve como forma de devolver a estética do dente, mas também como forma de impedir que novas cáries sejam desenvolvidas no mesmo local.

A restauração dentária pode ser feita por pacientes que utilizam o aparelho transparente – e outros acessórios ortodônticos também – e é um procedimento indicado para quem:

  • Possui cáries;
  • Sofrem com diastemas leves;
  • Tem desgaste dentário;
  • Desenvolveu bruxismo;
  • Deseja corrigir a coloração dos dentes.

No entanto, é importante destacar que a viabilidade e necessidade de realização desse tratamento devem ser sempre determinadas por um especialista capacitado na área. 

Assim, se você estiver interessado neste tipo de cuidado é preciso, primeiro, procurar por uma avaliação médica.

Cuidados necessários após o tratamento

A durabilidade da restauração dental está diretamente correlacionada com o tipo de material utilizado no processo de selagem das cavidades.

No caso das resinas compostas, por exemplo, o paciente pode precisar de manutenção apenas após dez anos ou mais desde a aplicação.

Enquanto isso, o tratamento feito com amálgama pode ter a durabilidade de até 12 anos e o processo realizado com porcelana é capaz de ser conservado por entre 3 a 10 anos.

Entretanto, em todos os casos, essa duração vai depender também dos cuidados tomados pelos pacientes após a efetuação do tratamento. Se você deseja conservar os resultados por tanto tempo quanto possível, é fundamental se atentar com os seguintes cuidados:

  1. Atenção com a higiene

A higienização bucal adequada é um dos principais requisitos após a realização de qualquer intervenção odontológica.

Isso porque, além de evitar a propagação de bactérias e o surgimento de novas doenças, ela é capaz de evitar gastos com a extração de dente preço ou outros procedimentos mais agressivos.

Assim, é indicado que a escovação seja feita três vezes ao dia, com o auxílio de uma escova de cerdas macias e um creme dental que contenha flúor. Além disso, o uso diário do fio dental e o bochecho com enxaguante bucal também são fundamentais.

  1. Reduza a ingestão de alimentos com muito corante

Sejam eles corantes naturais ou artificiais, os alimentos ricos em pigmentos podem acabar causando manchas ou o escurecimento da restauração, fazendo com que a parte recuperada se destaque do dente natural.

Por isso é recomendado que os pacientes reduzam a ingestão de comidas ou bebidas com cores fortes, como o café, chá preto, vinho tinto, chocolates, entre outros.

  1. Cuidado com a mastigação

Outro aspecto da alimentação que deve ser observado é, o mesmo que acontece após o investimento na aplicação da lente de contato dental quanto custa, a necessidade de atenção com a mastigação.

Após a realização da restauração, como forma de evitar quebras e danos ao procedimento, é importante garantir que a mastigação seja feita de forma lenta e com mordida leve, evitando alimentos pegajosos ou excessivamente duros, como balas ou nozes.

  1. Utilize sempre o aparelho de bruxismo

Da mesma forma como o bruxismo – condição parafuncional que consiste no ranger dos dentes enquanto o paciente dorme – é um dos principais fatores que levam as pessoas a precisar de uma restauração dental, ele também pode acabar danificando o tratamento.

Por isso, se você foi diagnosticado com esse quadro, invista na compra do aparelho para bruxismo valor e utilize sempre esse protetor antes de dormir.

Assim, será possível evitar que a tração entre os dentes acabe quebrando a restauração ou até removendo ela por completo.Conteúdo desenvolvido pela equipe do Status Fit Center, blog criado com o intuito de melhorar a saúde e o bem-estar por meio de conteúdos que reforçam a importância dos cuidados regulares.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × três =