Quais hábitos de higiene bucal podem ajudar na prevenção de doenças bucais?

O cuidado com a higiene bucal é uma das principais recomendações para a saúde dos dentes e também a melhor forma de prevenir doenças e infecções. 

Porém, engana-se quem pensa que a higiene bucal diz respeito somente à boca, pois é comprovado que algumas doenças periodontais podem evoluir para outras partes do organismo.

Alguns exemplos de doenças que podem surgir pela falta ou pela má higiene bucal são:

  • Gengivite;
  • Cáries;
  • Periodontite;
  • Endocardite bacteriana.

A última, em específico, é um dos problemas mais sérios que a negligência com a saúde bucal pode causar, pois pode infeccionar as estruturas internas do coração por conta de bactérias que chegam ao endocárdio através da corrente sanguínea. 

Nesse caso, o diagnóstico não é feito através de um plano ortodôntico, mas direto com um cardiologista. 

Além disso, segundo Wellington Carvalho, coordenador-geral de Saúde Bucal do Ministério da Saúde, ‘’uma pessoa que não está confortável com seu sorriso tem mais dificuldade de se comunicar e isso pode levar inclusive a problemas psicológicos. Ter uma boca saudável e funcional é importante para muitos aspectos da saúde física e mental”.

E para manter saudável a higiene bucal e consequentemente prevenir o aparecimento de doenças bucais, existem alguns hábitos simples, mas muito eficazes, como:

Escovar os dentes frequentemente 

Sem dúvidas, a orientação de higiene bucal mais presente nos consultórios é referente a escovação correta e diária dos dentes.

A recomendação é que a escovação seja feita três vezes ao dia, após lanches e refeições, e que seja utilizada uma escova de cerdas macias para não machucar as gengivas, além de um enxaguante bucal especializado no combate às bactérias.

E não se esquecer de escovar a língua, pois ela armazena grande parte das bactérias e fragmentos, ainda que não visíveis, de alimentos consumidos durante o dia, além de influenciar diretamente no hálito.

Através de um convenio odontológico para mei, é possível receber orientações personalizadas de um profissional de acordo com as necessidades de cada paciente. 

Nessas situações, são indicadas as melhores ferramentas de escovação e explicações detalhadas sobre seus usos.

Uso do fio dental

O fio dental é responsável por eliminar os resíduos que a escova não pôde alcançar, prevenindo o acúmulo de placa bacteriana, e é comum existirem dúvidas sobre seu uso ser feito antes ou depois da escovação.

O recomendado por dentistas de plano dental para empresas é que seja preferencialmente antes, pois removendo os restos de alimentos que ficam entre os dentes, o trabalho da escova é facilitado posteriormente.

Um outro motivo para essa preferência é que é muito fácil se esquecer do fio dental depois da escovação, portanto, criando uma rotina de usá-lo antes de escovar, dificilmente o hábito será esquecido. 

É importante lembrar que o uso do fio dental antes da escovação não é algo obrigatório, e caso seja melhor para o paciente usá-lo depois, também será eficaz.

Fazer limpezas profissionais no consultório

Mesmo se comprometendo com a escovação e uso do fio dental em casa no dia a dia, é imprescindível o hábito de manter visitas regulares ao dentista no plano odontológico para cnpj

Pois, lá um profissional fará uma limpeza mais apropriada usando os equipamentos adequados tanto para polimento dos dentes, quanto para a remoção de tártaro, se houver.

Em um consultório especializado, também é possível contar com raio-x panorâmico, que revela sinais preliminares de cáries e estruturas ocultas, como dentes do siso. Além de permitir que o dentista veja o que está abaixo dos dentes, como cistos e focos de infecção.

Existem planos odontológicos baratos que oferecem os serviços citados acima e, de quebra, contam com atendimento de urgência e emergência 24 horas, item essencial na hora de escolher um convênio, pois cobre imprevistos, independente do horário.

Um dentista profissional em um plano odontológico de confiança pode auxiliar efetivamente na manutenção de dentes mais limpos, claros, saudáveis e fortes, contribuindo não só para a saúde dos dentes, como também para a autoestima.

E além dos cuidados com a escovação, é fundamental apostar em uma alimentação rica em fibras e nutrientes, tomar cuidado com excessos se tratando de doces e alimentos ácidos ou pigmentados e cuidar da saúde física no geral.

Ou seja, dar a atenção devida não só para a odontologia como para as outras especialidades médicas, pensando que o organismo é como uma máquina que, para que seu funcionamento seja garantido, precisa estar com todas as engrenagens em bom funcionamento. 
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 16 =