Programas de cashback: entenda melhor sobre a nova febre do momento

Tem dúvidas sobre os programas de cashback? Entenda como funcionam, seus principais tipos, vantagens, regras de resgate e muito mais.

Os programas de cashback são uma febre do momento. Com o crescimento das compras on-line a partir da pandemia de Covid-19, esse tipo de iniciativa deu um salto no país. Segundo dados da empresa Cuponomia, publicados no Estadão, apenas em 2021, o uso de cashback no e-commerce gerou faturamento de R$ 10 bilhões.

São cifras que se justificam pela grande aceitação desse tipo de programa, que tem vantagens para quem compra e para quem vende, como vamos ver a partir de agora.

O que é programa de cashback?

Programa de cashback é um benefício concedido por algumas empresas, lojas e marcas aos seus clientes fiéis. Na tradução literal, quer dizer dinheiro de volta. Isto é, quando o cliente adquire um serviço ou produto, parte do investimento retorna para o seu bolso.

O valor oscila e, em grande parte dos casos, é calculado sobre uma porcentagem. Ao pesquisar por programas de cashback, você vai encontrar valores que giram em torno de 0,5% ou até 100%. Esse último, aliás, normalmente acontece quando a empresa responsável pelo benefício visa ampliar a sua carteira de clientes.

Tradicionalmente, os programas de cashback atuam como um estímulo à compra. Na prática, se um mesmo item custa R$ 700 em duas lojas distintas, mas um deles possui um programa que devolve 5% da quantia, a aquisição se torna R$ 40 mais econômica.

Como funcionam os programas de cashback?

O funcionamento de um programa de cashback é simples de entender. Em resumo, quando um consumidor faz uma compra, recebe de volta parte da quantia gasta, seja na conta do programa ou diretamente no seu banco.

Na sequência, pode resgatar essa quantia ou usar em outras compras e até em outras lojas, a depender do programa ou marca que oferece as recompensas.

Só tenha o cuidado de não confundir o cashback com descontos. No primeiro caso, ao comprar o produto ou serviço, o valor será pago de maneira integral. Apenas quando a compra for finalizada é que parte da quantia será devolvida ao consumidor.

Além disso, um programa de cashback pode funcionar de formas diferentes, a depender do seu tipo. Conheça os mais comuns:

Carteira digital

É o formato mais tradicional. A quantia devolvida ao cliente é depositada em um tipo de carteira digital até que seja resgatada para adquirir produtos ou serviços. Geralmente, é preciso acumular um valor mínimo para poder usar o benefício. 

Cada programa tem as suas próprias regras, mas, em linhas gerais, o cliente pode usar para pagar contas ou fazer depósitos para contas de terceiros.

Cashback social

Aqui, a quantia revertida não retorna para o cliente, mas vai para uma entidade beneficente. O foco é estimular as compras por meio da solidariedade.

Quem adquire um produto ou serviço pode escolher a entidade de sua preferência, seja para ajudar crianças, idosos ou animais, por exemplo.

Lojas físicas

Empresas de atendimento presencial, como supermercados e farmácias, também entraram na onda dessa estratégia de marketing.

Nesses casos, o participante do programa deve incluir algum dado de contato ao fazer o pedido – geralmente, o e-mail ou telefone celular. Ele pode receber cashback em qualquer compra, desde que seja usado cartão de crédito ou método de pagamento definido pela empresa.

Programa de cashback de cartão de crédito

Nesse tipo de programa, ao pagar por um produto ou serviço com o cartão de crédito, o consumidor acumula cashback sobre o valor da compra.

Novamente, cada empresa tem as suas próprias regras. Algumas, por exemplo, permitem resgatar o benefício em forma de milhas, investindo ou simplesmente deixando o dinheiro render.

Quais as vantagens dos programas de cashback?

Entre os principais benefícios dos programas de cashback, vale destacar:

  • Monetização: garantir uma economia é sempre positivo, sobretudo, para fazer frente à inflação
  • Transparência: o consumidor conta com benefícios mais fáceis de perceber, uma vez que o cashback reúne critérios claros para acumular pontos
  • Flexibilidade: é possível usar a quantia revertida na compra ou até fazer um saque em alguns casos, o que dá liberdade de escolha sobre como aproveitar o benefício
  • Burocracia ínfima: programas de cashback são dinâmicos, sem complicação para o participante.

Qual o melhor programa de cashback?

Como vimos, há diferentes tipos de programas de cashback, com variadas formas de resgate e para uso em situações diversas. Com isso, não existe o programa ideal, que seja o melhor para todos os tipos de consumidores.

A sugestão, então, é ficar atento às opções do mercado, pesquisar, comparar, analisar seus hábitos de compra e preferências para, só então, decidir pelo formato de cashback que combina melhor com seu perfil.

Use as dicas deste texto para aproveitar os benefícios desse tipo de programa e boas compras!

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − dois =