O que é fórum?

Locais de discussão pública existem desde a Antiguidade, pois expor uma ideia ao escrutínio de várias pessoas é um modo antigo de desenvolver um conceito e extrair soluções inovadoras. O fórum é um exemplo que será discutido no artigo, pelos tópicos: 

  • O impacto dos fóruns no crescimento da internet; 
  • Vantagens desse espaço para usuários e idealizadores;
  • Como atuam e para que servem os fóruns; 
  • Principais exemplos na web.

A palavra pode significar uma série de coisas, apesar do sentido novo conferido pelas plataformas virtuais. No contexto jurídico, fóruns são os prédios onde se abrigam os tribunais, o que lança pistas sobre sua aplicação mais ampla. 

É impossível dissociar o conceito de fórum da ideia de debate, e é esta a proposta das plataformas da web que ganharam este nome. Nascidas nos primórdios da internet, os fóruns virtuais são sites que permitem a interação de usuários em torno de um tópico. 

Composta por uma publicação em destaque, referente ao tema da discussão e seguida por dezenas ou centenas de respostas, os fóruns são regulados por um moderador, que controla os limites do que pode ser discutido naquele espaço. 

Importância dos fóruns de discussão 

Os fóruns de discussão são imprescindíveis para a interação entre usuários na web, a engrenagem que move a geração de dados de sessão para o Big Data. Algumas das maiores vantagens destes sites em relação a outros locais, são:

1 – Compartilhamento de informações

Os fóruns são espaços livres para a publicação de qualquer usuário, o que o separa de outras categorias de sites na web. Nessas plataformas, ao invés do consumo passivo de conteúdo, há uma interação constante, que solidifica o aprendizado. 

Os usuários utilizam os fóruns para uma série de questões, sendo a principal delas a retirada de dúvidas. Essas dúvidas giram em torno de produtos comprados, cursos, disciplinas acadêmicas ou ações cotidianas, como limpar uma janela em alumínio

Além das dúvidas exibidas na página, que podem ser respondidas por moderadores ou por qualquer usuário, as discussões permitem o desenvolvimento da ideia mencionada, tornando aquele que aprende ativamente envolvido no processo de conhecimento. 

O aprendizado envolve não apenas o entendimento da teoria, mas a possibilidade de aplicá-la a diferentes situações e visualizar sua atuação em vários contextos, integrando o conceito com informações de outras áreas. 

Para ser capaz de fazer esse tipo de inferência, é necessário um envolvimento maior que a simples leitura ou escuta do conteúdo, e a discussão nos fóruns servem como um complemento que estimula o raciocínio lógico. 

Pessoas de diferentes níveis de formação e experiência podem ajudar na solução de problemas, compartilhar artigos ou material informativo, ou mesmo se voluntariar para uma mentoria de diagnóstico carros, por exemplo. 

2 – Estímulo à criatividade 

Por ser um espaço livre de discussão, os fóruns estimulam a criatividade de seus usuários, por muitas vezes nutrir um ambiente de debate. Este desenvolve o pensamento racional, a retórica e a capacidade de fazer conexões improváveis. 

Essas conexões são a raiz da criatividade. De acordo com estudos em redes neurais, a mente trabalha em três categorias de rede: o modo padrão, o controle executivo, e a rede de saliência, ambos em conjunto na construção de um conceito. 

Enquanto o modo padrão está ativo na geração de ideias e imaginação, o controle executivo avalia e projeta a execução da ideia. A terceira rede, por sua vez, estabelece conexões entre ambas, filtra informações e viabiliza a transição entre os modos. 

Indivíduos que apresentam um nível de criatividade mais elevado possuem estruturas cerebrais que permitem a ativação de várias redes neurais simultâneas, algo pouco recorrente em pessoas menos criativas. 

A participação em um fórum de salas privativas ajuda a atrair essas mentes criativas por meio do estímulo ao pensamento racional. Para aqueles que não são tão criativos, a convivência e troca de percepções é enriquecedora para seu crescimento. 

3 – Engajamento contínuo

Os fóruns são, em última instância, pontos de criação de conteúdo. Em contraste aos blogs, onde o produtor gera publicações em texto e audiovisual sozinho, os fóruns são espaços onde a audiência é aquela quem publica, a qualquer momento.

Multiplicar o número de criadores de conteúdo gera um nível de engajamento diferenciado para uma página, o que atrai a atenção de algoritmos que indexam conteúdo em resultados de busca por palavras-chave.

Para o idealizador do espaço, que pode ser uma empresa de instalações de ar condicionado, os fóruns são excelentes ferramentas de marketing, atraindo um fluxo contínuo de visitantes para um site, aumentando sua autoridade e a participação do público.

4 – Contato próximo com moderadores 

Os fóruns de discussão são gerenciados por moderadores, que podem ser especializados em determinado tópico. Como esses locais são segmentados por assunto, o recurso significa a aproximação com mentores qualificados para a resolução de dúvidas.

Muitas interfaces destacam as respostas de moderadores ou especialistas em relação às demais, facilitando a consulta rápida. O acesso aos materiais recomendados também fica em evidência para visualização dos visitantes que chegam à página.

Esse contato mais próximo e informal é benéfico também para terceiros. Muitas pessoas passam pelo mesmo tipo de dúvida que assola outros indivíduos, razão da relevância desses sites em relação aos modelos com um menor espaço de interação.

Onde atuam os fóruns online?

Os fóruns podem nascer da livre iniciativa de pessoas físicas ou instalados por uma empresa de mochilas personalizadas em seu espaço. As aplicações mais populares deste modelo são:

Protótipo das redes sociais

Os fóruns representam os primeiros espaços de interação livre da internet, populares entre meados de 1990 e os anos 2000. Com uma infraestrutura simples, o usuário poderia publicar seu comentário em um tópico qualquer, de maneira anônima. 

Os tópicos já eram divididos com base em assuntos e já haviam moderadores, mas a capacidade de publicar conteúdo de vídeo e imagem era reduzida. A interface do espaço era também mais limitada em relação às plataformas que se desenvolveram depois. 

Nesta primeira fase da internet como veículo de comunicação doméstico, haviam dois tipos de sites: os blogs, onde o usuário, através do cadastro em uma plataforma de gestão, publicava artigos em texto em sua página pessoal, e os fóruns. 

A partir da ideia destes últimos que se desenvolveram as redes sociais, hoje detentoras de mais da metade de todas as sessões mundiais. No cenário mobile, a tendência é ainda maior: o usuário prefere plataformas interativas, passando 3 horas por dia nelas. 

Os fóruns, como eram conhecidos antigamente, não desapareceram por completo. Novas redes sociais resgatam a interface e liberdade desses canais, permitindo a interação sem a criação de perfis elaborados ou cadastros que contenham muitos dados pessoais. 

Cursos de longa distância

Os cursos de longa distância se multiplicam com o desenvolvimento de várias funcionalidades, como o pagamento de contas e transferências por Internet Banking, as transmissões de vídeo ao vivo e as mensagens instantâneas. 

Hoje, as plataformas de cursos são ecossistemas por si, com páginas que reúnem links para apostilas e artigos, bem como fóruns internos que criam um canal entre professores e alunos, a fim de corrigir exercícios e eliminar dúvidas. 

Nesses locais, um moderador aprova uma sugestão de tópico ou cria um que se refira a um tema específico, permitindo que as pessoas comentem sobre ele. Este mesmo moderador pode destacar comentários ou excluí-los, em caso de quebra das regras de uso. 

Um curso voltado para a criação e instalação de cerca elétrica industrial, por exemplo, pode exibir um fórum de discussão ao final de cada aula, com o objetivo de estabelecer tópicos referentes ao que foi apresentado naquele episódio em específico. 

Esses fóruns podem ser unidos com as experiências presenciais, especialmente quando houver a gravação desses eventos. Assim, o curso fornece a infraestrutura para aulas interativas remotas, aproveitando o que há de melhor nos dois modelos. 

Perguntas aos especialistas

Os fóruns voltados para as perguntas com especialistas podem ser segmentados em várias áreas do conhecimento, com exemplos na Medicina, Tecnologia da Informação, Marketing, Finanças e outros, onde profissionais respondem, gratuitamente, questões do público. 

Essas iniciativas tendem a unir o fórum a outras funcionalidades, como a marcação de consultas em uma discussão sobre atendimento psicológico e outros. E, assim, uma oportunidade para profissionais e consumidores de trocar informações. 

Para o profissional, fóruns que seguem esta linha servem como uma oportunidade para publicidade, uma vez que a acessibilidade é um dos fatores que influenciam o quanto a audiência considera uma empresa, marca ou pessoa confiável. 

Suporte ao cliente

Diferentes dos fóruns de reclamação pelo mau atendimento ou entrega de produtos, os fóruns de suporte ao cliente são iniciativas que solucionam dúvidas na hora de consertar ou manipular um produto já adquirido. 

Por essa razão, esse tipo de fórum é predominante no mercado eletrônico, voltado para aparelhos como computadores, celulares ou ferramentas de fotografia, como luzes e refletores para fachada de loja feminina

Em geral, é o usuário que abre o tópico de discussão nesses sites, onde o moderador apenas decide quais poderão ser exibidos, de acordo com regras estabelecidas de convivência e publicação na plataforma. 

Os visitantes encontram dicas de acessórios, o que fazer quando um produto não funciona, o protocolo para contratação de uma assistência técnica, exploram funcionalidades adicionais e aprendem o funcionamento do aparelho. 

Conclusão

Os fóruns de discussão são partes importantes da internet, embora sejam subestimadas em muitos casos. Sua organização simples e intuitiva, a liberdade de publicação e o acesso contínuo são aspectos que falam a favor dessas plataformas. 

A fim de aumentar o interesse e tornar seus sites mais relevantes, empresas de todos os segmentos investem na modalidade, com uma infinidade de adaptações.
Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

3 × três =