História da construção civil – Entenda um pouco mais

Sobre a história da construção civil é importante dizer que desde a época do Antigo Império Romano, a engenharia civil tem sido um exemplo da introdução de realizações sociais avançadas. 

A história da construção civil está indissociávelmente ligada ao desenvolvimento de ciências como matemática, física e mecânica. 

Ao longo da história medieval, a construção e o design foram realizados principalmente por mestres como carpinteiros e pedreiros, que, em virtude de sua experiência, tornaram-se os líderes desses processos. 

De tão antigo a história da construção civil pode facilmente ser confundida com os primórdios da humanidade. 

Isso acontece porque as comunidades iam crescendo, e logo a necessidade de construir estruturas para sanar as necessidades. 

Quando começa a construção civil?

Como dito anteriormente, desde o começo das civilizações já encontramos sinais de construções. 

Antes o que era de pedra, hoje são tijolos, e em breve teremos construções em impressão 3D, aos poucos o processo de construção civil vai acompanhando o crescimento das civilizações. 

Ainda nos tempos atuais percebemos muitas estruturas antigas que o tempo não apagou, são muralhas, fortes, igrejas, museus, prédios públicos, pirâmides e até mesmo algumas residências feitas de pedras e madeira. 

Um exemplo inicial de uma abordagem científica para os problemas matemáticos e físicos da engenharia civil é o trabalho de Arquimedes, que foi escrito no século III a.C. 

Continha informações científicas (cálculo de flutuação e soluções práticas do parafuso arquimedeano). Uma contribuição significativa para o desenvolvimento da engenharia civil foi feita por outro cientista da antiguidade Brahma Gupta, um matemático indiano do século VII d.C., que desenvolveu métodos para calcular áreas complexas e algumas funções trigonométricas que são necessárias no projeto.

Construção civil inovadora

As necessidades da engenharia civil exigem tais estudos: o estudo das propriedades dos materiais de construção utilizados, as características do terreno, incluindo as características do solo e vários parâmetros hidráulicos.

A engenharia civil se cruza estreitamente com áreas como arquitetura, transporte, irrigação, ciência do solo, hidrologia, geodésia, bem como tecnologia de construção em condições difíceis de operação, incluindo áreas propensas a terremotos.

Objetos que são erguidos durante a implantação da engenharia civil podem ser temporários ou capitais. 

O capital inclui todas as estruturas e edifícios que estão previstos na documentação de projeto e estimativa e fazem parte do complexo em construção. Temporários são os prédios que foram erguidos para o período de obras e obras de construção.

Por exemplo, instalações domésticas, estradas de acesso e outros objetos que são projetados para criar condições confortáveis para os construtores durante todo o período de trabalho. Após a conclusão das obras, essas estruturas são desmontadas e removidas do território.

Engenharia civil é a criação de estruturas confiáveis com garantia de sua durabilidade. Com o aumento da conscientização da população em relação às fontes renováveis de energia, o uso dessas estruturas na engenharia civil também aumentou. 

Construção civil: visão geral 

A história da construção civil é a mais antiga e uma das indústrias mais versáteis. Cada estrutura que vemos ao nosso redor hoje é uma criação de engenharia civil. 

Este ano foi o recordista de número de eventos que tiveram impacto no mercado imobiliário. É claro que o principal problema para a indústria da construção civil foi a pandemia do coronavírus covid-19. 

Este fator não-mercado, ou melhor, sua influência indireta, a introdução de um regime de isolamento próprio, a suspensão do trabalho dos canteiros de obras e as restrições à entrada no Brasil afetaram seriamente os negócios dos desenvolvedores.

No topo dos problemas que surgiram diante dos desenvolvedores: medidas restritivas, devido às quais os trabalhos em canteiros de obras foram interrompidos e as taxas de vendas foram reduzidas, uma transição completa para o financiamento de projetos, a situação econômica no país e as flutuações cambiais, bem como o fechamento de fronteiras e a escassez de trabalhadores. 

Tudo isso levou a um aumento significativo no custo da construção civil e, consequentemente, a um aumento nos preços de todos os segmentos e classes de habitação.

O que exatamente é engenharia civil?

A engenharia civil é frequentemente associada a estruturas monumentais, no entanto, a engenharia civil não está apenas relacionada à construção ou projeto de edifícios. A engenharia civil está ligada a diversos projetos públicos. 

A definição de engenharia civil pode ser descrita como ênfase na manutenção, construção e projeto de diferentes obras públicas. Por exemplo, existem várias infra estruturas nas quais as pessoas dependem fortemente de suas vidas diárias. 

Estes podem ser sistemas de transporte, como estradas, pontes e até ferrovias. Todos também dependem de sistemas de água que envolvem abastecimento de água e energia, bem como redes de resíduos. 

Estações de trens e aeroportos também são instalações públicas mantidas e construídas por engenheiros civis. Essas infraestruturas e equipamentos necessários para o bom funcionamento da empresa são provenientes de diferentes ramos da engenharia civil. 

A engenharia civil trata de adaptar um ambiente às necessidades ou problemas das pessoas, como crescimento populacional e desastres naturais.

As diferentes tarefas de um engenheiro civil

Construir, manter, adaptar e projetar uma infraestrutura envolve muito trabalho. A tarefa mais comum de um engenheiro civil inclui construção e projeto. Neste caso, um engenheiro civil elaborará planos e desenhará estruturas seguras e confiáveis. 

Os engenheiros civis também desempenham um papel importante nos sistemas de transporte. Por exemplo, eles devem construir estruturas de transporte que podem sofrer uma alta taxa de utilização e extensões. 

Os engenheiros civis também são responsáveis pela gestão da criação de sistemas de distribuição de água limpa, barragens e sistemas de proteção contra enchentes, sistemas de efluentes, entre outros. Suas funções também são garantir que esses sistemas permaneçam seguros e duráveis após a construção. 

Construção civil como você viu, vai muito além do que podemos imaginar, desde quando as civilizações começaram ela se faz presente. 

E com o avanço das tecnologias passamos a ter obras mais estruturadas e complexas, tudo isso visando o bem de todos.

Espero que tenha gostado do nosso artigo, até a próxima!Esse conteúdo foi desenvolvido em parceria com o site OCC Construtora, um site especializado em obras e construções civis, economia e vagas de emprego.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

13 − 2 =