Entenda como descobrir o número de Inscrição Estadual das empresas

Saber como descobrir o número de Inscrição Estadual (IE) dos seus clientes de forma independente é muito valioso no contexto de negociação entre pessoas jurídicas. 

Pois, assim, seu departamento financeiro independe de erros de terceiros na hora de confirmar o número desse documento para práticas importantes da rotina fiscal de qualquer negócio: a emissão de nota fiscal (NF).

Afinal, a emissão de NF é requisito básico para a formalização de todas as transações business-to-business (B2B) entre sua empresa e qualquer outro CNPJ, seja um fornecedor, um parceiro comercial ou um prestador de serviço.

Caso haja inconsistência em números relevantes como o Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) ou o IE, possíveis vendas podem ser suspensas e sua empresa ainda pode ter problemas com as autoridades fiscais.

Diante disso, como descobrir a Inscrição Estadual de seus clientes para confirmação de dados na hora de emissão da nota? Nós vamos te explicar isso e um pouco mais sobre esse registro no decorrer desse conteúdo. Confira!

Qual a importância de descobrir a Inscrição Estadual dos clientes?

As leis fiscais prescrevem uma série de prerrogativas que as empresas em atividade no país precisam seguir para se formalizarem perante às autoridades e terem sua atuação devidamente monitorada pelos órgãos competentes.

Uma dessas obrigações consiste em ter números de registro que identificam as pessoas jurídicas junto a esses órgãos de fiscalização. Como, por exemplo, o CNPJ e a Inscrição Estadual.

Afinal, o que é a Inscrição Estadual?

A Inscrição Estadual é um número de identificação para PJ com semelhanças ao CNPJ, entretanto, ele é instrumentalizado apenas a nível estadual. 

Seu principal atributo é ser referência para o recolhimento de Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS). Essa é um tributo cobrado pelos estados federativos cuja alíquota incide sobre as negociações nacionais e internacionais de produtos físicos. Isso é, prestação de serviços não tributáveis pelo ICMS.

Além disso, a IE é emitida pela Secretaria da Fazenda (Sefaz) da Unidade Federativa onde a empresa realiza suas atividades. Obrigatoriamente, esse documento é representado por nove números 

Em suma, esse registro é fundamental no preenchimento de dados para a emissão de notas fiscais de companhias que estejam fazendo transações comerciais com a sua. E caso haja alguma inconsistência na digitação, a não será efetuada.

Entre os possíveis erros que podem aparecer, estão:

  • Rejeição 233 – IE do destinatário não cadastrada;
  • Rejeição 232 – IE do destinatário não informada;
  • entre outras.

Dados corretos resultam em produtividade 

Para solucionar essas rejeições, será necessário descobrir a Inscrição Estadual do seu cliente de forma correta. 

Afinal, cada obstáculo como esse resultará no adiamento do fechamento de uma venda como também na suspensão total de negociação que foi feita até ali.

Diante disso, existem duas formas de ter acesso a esse número de forma confiável. Vamos falar sobre cada um deles no tópico seguinte.

Como descobrir Inscrição Estadual?

O site do Sintegra é uma maneira manual, porém simples, de descobrir a Inscrição Estadual de qualquer empresa. Basta seguir seguinte passo a passo:

  • Ao entrar no site, você vai se deparar com um mapa do Brasil onde estão discriminados cada uma das Unidades Federativas. Escolha o Estado que corresponde ao seu cliente;
  • Na página seguinte, você pode utilizar algum dos dados do cliente que tem em mãos para fazer a busca. Pode ser o CPF do titular da empresa, o próprio IE ou o CNPJ.
  • Prontinho! Basta confirmar os resultados para descobrir a Inscrição Estadual ou confirmar se há alguma inconsistência na IE que você já tem em mãos.

A outra maneira de saber a Inscrição Estadual é por meio de uma ferramenta de consulta automatizada que esteja conectada aos principais bancos de dados fiscais do Brasil, como a registros do Simples Nacional, Sefaz e Receita Federal. 

Dessa forma, sua empresa terá muito mais agilidade e confiabilidade no processo de emissão de notas fiscais, evitando assim rejeições e dando mais dinâmica ao fechamento de negócios pela equipe comercial.

Como apenas alguns clicks e sem a exigência de um trabalho manual cansativos, uma ferramenta como essa pode ser útil para:

  • Baixar um grande volumes de notas fiscais em formatos diversos ao mesmo tempo;
  • ter acesso a todos o conteúdo para o preenchimento de uma NF;
  • apurar corretamente todos os impostos do ano fiscal.

Viu como é fácil descobrir a Inscrição Estadual dos seus clientes? Esperamos que aproveitem as dicas para melhorar o desempenho de suas operações. Até a próxima!Este artigo foi escrito por Gabriel Marquez, empreendedor e fundador da NFE.io, sistema de emissão e controle de notas fiscais que automatiza tarefas repetitivas, contribuindo para que você ganhe tempo e diminua gastos.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

catorze + 6 =