Em que momento uma métrica pode se tornar um KPI

O advento do big data torna possível medir muitas coisas que antes eram quase impossíveis. Armado com um volume maior de dados, você pode obter ideias de negócios ​e ser orientado por dados que o ajudarão a otimizar suas operações e permanecer competitivo, seja no setor de moda ou de prospecção industrial

É por isso que os principais indicadores de desempenho (KPIs) e métricas se tornaram cada vez mais utilizáveis nos negócios de hoje. Mas em qual momento uma métrica se transforma em KPI? Se ficou curioso com o tema, continue com a gente!

O que são indicadores chave de desempenho (KPIs)?

Assim como as métricas, os principais indicadores de desempenho são medidas quantificáveis. Mas os KPIs, geralmente, se concentram em prospecções de longo prazo, mais do que qualquer outra coisa. 

Ele mostra o quão perto você está de atingir suas metas de negócios. Além de fornecer um meio para definir como você se compara com os concorrentes ou com os benchmarks do setor.

Os principais indicadores de desempenho podem ser financeiros, como: margem de lucro bruto, índice de liquidez corrente e receitas após a dedução de certos custos e despesas, só para citar alguns.

Como as métricas podem se tornar um KPI?

As métricas são apenas dados quantitativos, ou seja, apenas recursos para identificar possíveis demonstrações. Quando ela se transforma em algo importante para sua estratégia, há uma evolução para KPI.

E eles são usados ​​para acompanhar o progresso em direção a outras metas, como rotatividade e retenção de funcionários num marketplace, por exemplo, taxa de conversão, tráfego de pessoas, engajamento e aquisição de clientes e clientes recorrentes. 

Um KPI deve ter uma meta definida para a qual sua equipe de marketing ou de vendas possa trabalhar.

Práticas recomendadas para identificar e monitorar KPIs e as métricas

Agora que você entende os KPIs e as métricas e como elas se diferem, há algumas práticas recomendadas que deve seguir para aproveitar ao máximo seus dados.

  • Escolha as métricas certas para seus KPIs

É provável que sua empresa já tenha as métricas de que precisa. É uma questão de saber quais delas estão alinhadas aos seus objetivos de negócios, para que possam ser consideradas como KPIs. Uma boa gestão industrial faz isso rapidamente.

  • Certifique-se de que seus KPIs sejam mensuráveis.

Os KPIs devem ser baseados em dados que você pode obter. Considere quais pontos são necessários para monitorá-los e se você tem a tecnologia ou os recursos para acessar tais informações. Além disso, será que pode arcar com os processos e tecnologias deste segmento?

Por exemplo, digamos que um de seus KPIs seja aumentar a satisfação do cliente. Como você vai obter os dados para isso? Pode ser impossível pesquisar todos que entram em sua loja ou os visitantes do site. Existem tecnologias que analisam o sentimento do cliente de várias maneiras, mas você tem um orçamento para isso?

Com tudo isso dito, fica mais viável entender e planejar esses caminhos, não é mesmo?

Esperamos ter ajudado com essa postagem, caso tenha gostado, comente e compartilhe em suas redes sociais.

Este artigo foi escrito pela equipe do Soluções Industriais.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezessete − 4 =