Dicas para criar sua reserva de emergência em 2022

Sabia que existe um passo a passo para criar sua reserva de emergência em 2022? É completamente possível criar a reserva para viver com mais qualidade de vida e tranquilidade.

Aproveitando o fato de que suas contas estão em dia e existe dinheiro guardado para que possa começar a investir e organizar a sua vida financeira.

O primeiro passo para começar a investir com segurança e eficiência é justamente montar a reserva de emergência e nós vamos te explicar mais detalhes sobre isso!

O que é a reserva de emergência?

A reserva de emergência é um capital que deve ser guardado em aplicação de alta liquidez, que seja equivalente ao valor de 6 meses de seu custo de vida.

A partir de então, você terá esse capital disponível para um acidente, multa, remédios caso adoeça ou qualquer uso que seja fora dos gastos mensais previstos.

Sempre que precisar gastar, ao se estabilizar financeiramente novamente após a emergência precisará repor o capital para voltar a investir em outros sonhos e objetivos, somente quando a reserva estiver completa novamente.

4 passos para montar a reserva de emergência

Para te ajudar, elencamos os passos necessários para montar a sua reserva de emergência com facilidade, são eles:

1.  Saiba qual o total do valor

Organize suas contas mensais e identifique qual é o total que você precisa por mês para sobreviver. Ao identificar seus custos para cada mês, saberá exatamente qual é o valor total de 6 meses de seu custo de vida.

Dessa forma, terá uma meta de quanto precisa juntar para que tenha uma reserva de emergência e posteriormente possa usar seu capital para outros investimentos.

2.  Defina quanto pode guardar por mês

De olho ainda em seu orçamento, defina quanto irá guardar por mês para compor a sua reserva de emergência.

Suponha que o valor total da reserva é de R$18 mil, não fique desanimado de começar de R$100 em R$100.

É óbvio que se o valor disponível é mais alto, é muito mais rápido de juntar o total. Entretanto, com a aplicação correta para o valor é possível contar com a rentabilidade mensal para chegar mais rápido ao objetivo.

3.  Escolha um investimento de alta liquidez para sua reserva de emergência

O mais comum é escolher um CDB para que o dinheiro renda todos os dias enquanto está compondo a reserva de emergência.

Dessa forma, o próprio fato de estar fazendo aportes mensais somado à rentabilidade do investimento impulsionam o processo. Fazendo com que chegue ao valor total mais rápido, ao invés de meramente juntar dinheiro na poupança que te dará prejuízo no longo prazo.

4.  Somente gaste em emergência

É importante ter consciência de que a reserva é somente para aquilo que não está previsto em seu orçamento mensal.

Uma vez que, após montar sua reserva você terá segurança para investir em outros tipos de aplicações com mais rentabilidade e menos liquidez.

Por isso, tenha disciplina enquanto monta a reserva e só use o valor se realmente for necessário. Para que possa ter o capital disponível quando precisar e evitar o endividamento.

Aproveite que montou uma reserva inteligente para que possa desfrutar de qualidade de vida e usar o dinheiro para trabalhar para você. Quando a reserva já está montada, é hora de partir para outras aplicações que são mais rentáveis e te ajudam a realizar seus sonhos.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

cinco × 2 =