Como sair do vermelho em 2022

Com os impactos causados pela pandemia do Covid-19, o crescimento de pessoas endividadas é frequente, saiba como evitar isso

Devido aos impactos relacionados à queda de renda durante a pandemia do coronavírus, o aumento de endividamento entre a população foi alto. De acordo com a pesquisa feita pela plataforma ‘’Acordo Certo’’, 70% das famílias brasileiras possuem dívidas em atraso. O que coloca o país em um estado de alerta.

O Consultor Financeiro especializado em pequenos negócios e orçamento familiar a mais de dez anos, Marcelo Costa, aponta que isso ocorre devido à carência de educação financeira das pessoas. Devido a isso, o especialista orienta os 3 principais passos de como sair do vermelho:

1- Pare de fazer dívidas

As dívidas geralmente vêm de descontroles na hora da compra ou por motivos que não temos controle como doenças, falecimentos enfim. Organize elas por ordem de juros, ou seja, a que tem juros mais altos deve ser eliminada primeiro. Entre em contato com seus credores e negocie, sempre pensando quanto você pode comprometer do seu orçamento para isso.

2- Anote todos os seus gastos e seus ganhos

Organize seus orçamentos e metas. Primeiro devemos ser realistas, não dá para comprar uma Ferrari ganhando salário mínimo. Caso seja uma viagem, estudo ou casa própria devemos entender o custo que isso terá, ver o quanto de nossas finanças podemos comprometer e encaixar no que podemos pagar. Uma caneta e um caderninho já é suficiente. O mais importante e constância é isso que irá fazer dar certo o controle.

3- Como posso melhorar o que ganho de dinheiro por mês?

Renda extra nunca esteve tão em alta e atingível, somos acostumados sempre a utilizarmos as redes sociais e elas podem ser uma boa fonte de renda, vendendo produtos artesanais ou revendendo algo. Tentar utilizar alguma habilidade em nosso tempo fora do expediente ou por algum integrante da família que não esteja no mercado de trabalho é uma excelente maneira de gerar renda.

Marcelo finaliza com o conselho de que ‘’se você não controlar seus gastos, de alguma forma, em algum momento, irá faltar dinheiro. Sempre procure a orientação de um profissional que irá analisar a sua condição e te guiar da melhor maneira.’’

Serviço: Marcelo Costa – Consultor Financeiro de Pequenas empresas e familiar

Administrador, pós graduado em gestão financeira, empresário e consultor a mais de 10 anos.

Linkedin: https://www.linkedin.com/in/marcelocostabarbosa/

Instagram: @falafinanceiro

Tik-tok: @falafinanceiro

(41)-99973-8315

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quinze − sete =