Como construir uma liderança humanizada?

A liderança humanizada vem se destacando nos últimos anos, devido às mudanças que se instalaram no mundo a partir de 2020. 

O ambiente empresarial sentiu os efeitos dessas mudanças e das oscilações econômicas recorrentes no Brasil.

Mas as empresas não foram afetadas apenas por essas questões, mas também pelo modo como as pessoas sentiram os impactos do cenário. Os gestores precisaram se adaptar a esse cenário e em pouco tempo, o que trouxe muitas dificuldades.

Foi necessário adotar novos hábitos, valorizar mais o capital humano e desenvolver equipes como o caminho principal para alcançar o sucesso. Quando o líder se torna mais humano, também se torna mais empático.

É uma pessoa que sabe se colocar no lugar dos outros e compreende que cada indivíduo possui seus próprios sonhos e desejos, e que todos têm alguma coisa que querem alcançar.

Investir em liderança humanizada é uma forma de cuidar do bem-estar emocional e físico dos colaboradores, só que muitos gestores e empreendedores têm dúvidas sobre as vantagens dessa metodologia.

Para entender um pouco mais sobre o assunto, você vai descobrir o conceito de liderança humanizada, os benefícios trazidos por ela e ver algumas dicas para aplicá-la.

O que é liderança humanizada

Liderança humanizada nada mais é do que o modo como os líderes enxergam suas equipes, colocando a empatia e a solidariedade em primeiro lugar.

Isso não quer dizer que a produtividade da equipe deixou de ser importante, muito pelo contrário, mas por meio dessa prática, procura-se preservar a qualidade de vida e o bem-estar dos membros da equipe.

As organizações passaram a investir em infraestrutura adequada para garantir um clima organizacional positivo, usando, por exemplo, divisória em alumínio e vidro para escritório.

Mas nem sempre foi assim, visto que antigamente, acreditava-se que era possível separar a vida pessoal da profissional, e as companhias tratavam os colaboradores como máquinas que precisavam apenas produzir cada vez mais.

Isso acabava refletindo no modo como os líderes lidavam com os demais colaboradores. Ele era visto como alguém frio, temido e distante e que estava lá apenas para delegar tarefas e cobrá-las.

Mas, ao longo do tempo, muitas transformações ocorreram no universo corporativo, e os líderes começaram a perceber que as pessoas possuem sentimentos e particularidades.

Logo notou-se a necessidade de começar a enxergar essa questão e a partir disso surgiu o conceito de liderança humanizada. 

Dentre as características desse tipo de liderança, estão:

  • Alinhamento dos processos com os profissionais;
  • Times integrados;
  • Foco nas necessidades dos funcionários;
  • Comunicação eficiente.

Ao investir nessa metodologia, uma empresa especializada em reforma de placa automotiva tem acesso a inúmeros benefícios.

Benefícios da liderança humanizada

Investir na liderança humanizada é fundamental para alcançar resultados positivos para a empresa, e dentre seus principais benefícios estão:

Aumento da retenção de talentos

Quando os profissionais podem contar com o apoio do líder, os talentos, principalmente os mais jovens, sentem mais vontade de permanecer na empresa e não procuram oportunidades de trabalho fora dela.

Eles sabem que trabalham para uma organização que valoriza suas habilidades e conhecimentos, além de oferecer total liberdade para expor suas ideias e opiniões com o gestor e outros membros do time.

Melhora o clima organizacional

O clima organizacional é um dos aspectos mais importantes dentro de uma empresa, pois é muito desagradável trabalhar em um lugar onde as pessoas não se falam ou onde até mesmo ocorrem alguns problemas entre os profissionais.

Mas, quando as relações são mais próximas, a comunicação melhora consideravelmente e a própria equipe se mantém integrada. Como resultado, o ambiente será mais saudável para todos.

Desenvolve as pessoas

A liderança humanizada permite que o líder entenda as necessidades e problemas do colaborador, além de ser capaz de enxergar seus potenciais.

Essas observações ajudam a atribuir funções em projetos que vão contribuir com o desenvolvimento profissional e pessoal do indivíduo, que passa a se sentir mais valorizado.

Fortalece a marca empregadora

Uma empresa de limpeza de cadeiras estofadas precisa se preocupar com a imagem que transmite para os clientes, mas também precisa ter atenção com sua marca empregadora.

Antigamente, a organização era medida pelos resultados que obtinha, mas, atualmente, sua cultura organizacional e as relações de trabalho entre os funcionários são mais importantes.

Negócios que sabem lidar com essas avaliações têm mais potencial para atrair e reter profissionais. Como resultado, se fortalecem no mercado e melhoram sua produtividade, uma vez que a equipe é mais engajada.

Melhora o ambiente colaborativo

Por meio de uma gestão humanizada, empatia e solidariedade são valores que ajudam a transformar o ambiente colaborativo.

Os funcionários se sentem amparados pela corporação, o que aumenta seu engajamento e melhora os resultados.

Aumenta a produtividade

Por conta de todos os outros benefícios, a liderança humanizada permite que uma empresa limpeza consiga aumentar sua produtividade.

Ela garante boas condições de trabalho e um alto nível de satisfação, fazendo com que os colaboradores se sintam mais motivados para trabalhar.

Dicas para aplicar a liderança humanizada

Muitos líderes já perceberam que precisam lidar com as pessoas de maneira mais empática e humanizada, mas ainda existem aqueles que não sabem como desenvolver e aplicar esse tipo de liderança. Algumas dicas para fazer isso são:

Praticar autoavaliação

Fazer uma autoanálise não é algo simples, entretanto, é fundamental para entender o nível de interesse e relacionamento com o próximo. A melhor forma de conseguir isso é por meio da autoavaliação e do autoconhecimento.

O líder pode melhorar seu autoconhecimento por meio de leituras que abordam temas sobre psicologia comportamental e terapias com profissionais.

A autoavaliação, por sua vez, ajuda a descobrir pontos fortes e fracos, principalmente em relação à capacidade de ter empatia.

Oferecer feedbacks

Oferecer feedbacks é muito importante para implementar a liderança humanizada dentro da organização.

Quando o gestor de um fabricante de bateria de empilhadeiras desenvolve o hábito de conciliar seus funcionários, promove maior integração entre ele e os colaboradores.

Os líderes precisam implantar uma política interna de feedbacks e incluir o feedback reverso, que nada mais é do que o colaborador oferecendo conselhos e sugestões para o líder. Essa prática é importante porque ajuda a criar um espírito de parceria na empresa.

Treinar a comunicação

Empatia e comunicação são coisas intimamente relacionadas, e quando o líder está acessível, tem mais oportunidades.

Mais do que ter oportunidades, ele as aproveita para escutar o que as pessoas têm a dizer e demonstra que realmente se importa com suas condições.

Como resultado, uma empresa de automatização de portões deslizantes consegue aumentar o nível de confiança entre os membros de sua equipe.

Ter visão de futuro

Olhar para o futuro também é uma forma de criar liderança humanizada e implementada no dia a dia. Atentar-se à posteridade ajuda a perceber a necessidade de tratar os funcionários com empatia.

Tanto é que de acordo com uma pesquisa realizada pelo ISMA (International Stress Management Association), 9 em cada 10 profissionais brasileiros apresentam sintomas de ansiedade, e 47% possuem algum nível de depressão.

Trabalhar com ações de engajamento

O engajamento profissional depende de um vínculo psicológico, emocional e afetivo com o emprego, de modo a contribuir para que o colaborador se sinta parte da organização e procure exercer sua função com excelência.

O gestor de uma empresa de raspar taco pode criar um plano de ação para engajamento que vai integrar os funcionários e trazer bons resultados.

Oferecer segurança emocional

O ambiente de trabalho emocionalmente seguro é imprescindível para implementar a liderança humanizada no dia a dia.

Isso ajuda os colaboradores a lidarem com suas emoções de maneira mais saudável, sem medo de expressar suas ideias, além de fazer com que se sintam mais propensos a compartilhar conhecimento.

Envolvê-los nas decisões

Uma gestão humanizada integra os funcionários nos processos de decisão para que eles possam expor suas ideias.

O líder de um estúdio de fotos publicitárias de alimentos pode convidar a equipe para reuniões importantes e manter todos os membros informados sobre as estratégias do negócio.

Reconhecer os esforços

Não existe nada melhor do que reconhecer um bom trabalho para motivar os talentos e retê-los, visto que isso mostra que a companhia valoriza o empenho de seus profissionais.

Existem várias maneiras de reconhecer o esforço e os bons resultados dos funcionários, como recompensas em dinheiro, brindes, dentre outras possibilidades.

Considerações finais

A liderança humanizada está em alta porque condiz com a realidade dos profissionais de hoje, que buscam valorização e uma relação próxima com a empresa em que trabalham.

Diante de todas as mudanças pelas quais o universo corporativo vem passando, trabalhar dessa forma é a melhor maneira de se adequar, garantir um bom ambiente de trabalho e alcançar excelentes resultados.Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

vinte − oito =