Ressignificando a espiritualidade: a nova visão

De uns anos para cá, mais e mais pessoas estão ressignificando a espiritualidade, especialmente na questão de dissociar espiritualidade de qualquer prática religiosa, crenças e doutrinas.

É claro que a espiritualidade está presente nas mais variadas religiões, no entanto, não significa que uma pessoa que não seja religiosa, não possa desenvolver seu lado espiritual.

Simplesmente porque espiritualidade se refere a se conectar profundamente consigo mesmo, de forma a se conhecer melhor e entender seu lugar no mundo.

Portanto, quando falamos em pessoas ressignificando a espiritualidade é em razão do maior interesse das pessoas em compreender esse elo de ligação entre o mundo interior e exterior.

Para você entender em detalhes essa nova visão da espiritualidade e como fortalecer a sua, continue a leitura e confira!

Ressignificando a espiritualidade qual a nova visão?

Em uma visão clássica, o espiritual está subordinado ao religioso. No entanto, quando se trata de ressignificando a espiritualidade, o religioso é um dos componentes, ou seja, uma das vias possíveis para desenvolver sua espiritualidade, mas não a única.

Essa “nova” espiritualidade, digamos assim, está centrada no indivíduo e no corpo, e nos objetivos particulares de cada um: se tornar mais grato pelas coisas da vida, lidar com os conflitos pessoais, como desfazer macumba, gerir o estresse, e muitos outros.

Nesse sentido, a espiritualidade transcende a visão puramente científica do mensurável, assim como o mundo de nossos pensamentos e ideias, para inserir o homem além dele mesmo, ao mesmo tempo que lhe confere sua identidade profunda.

Na verdade, o tema ressignificando a espiritualidade pode ser abordado de mil maneiras diferentes, no entanto, o conceito mais utilizado é: a espiritualidade nos convida à busca, ao aprofundamento de quem somos e de nossa visão de mundo.

Tudo isso ficou muito mais evidente ao longo da pandemia da Covid-19, que fez com que as pessoas voltassem para dentro e buscassem entender o real sentido da vida.

Um outro elemento que essa crise do coronavírus desencadeou foi em relação ao consumo. Aprendemos que a felicidade não está pautada em bens materiais, mas nas relações humanas, na solidariedade, no amor…

Como fortalecer a espiritualidade?

Entendendo um pouco mais sobre o que quer dizer “ressignificando a espiritualidade”, o que você pode fazer para fortalecer a sua e estar em harmonia consigo mesmo e com o que está à sua volta?

Separamos aqui algumas dicas:

  • Não rejeite as emoções que você possa ter, como medo, tristeza, desmotivação, sentimento de impotência, mas simplesmente as aceite. Elas pertencem à nossa existência. Mas o que é mais importante é você não se deixar dominar por essas emoções, e para isso, crie espaços para poder expressá-las e em seguida, transformá-las;
  • Todo ser humano é capaz de amar, de manter relações harmoniosas com os outros. São essas qualidades, essas dimensões a reconhecer, a cultivar, e o que está no interior de cada ser humano;
  • Acreditar que é possível. Lembre-se que a vida é cheia de coisas que parecem impossíveis e sem esperança, porém, são realizadas;
  • Construir alianças. Nós precisamos dos outros, não conseguimos fazer uma transição sozinhos. Para construir alianças, é necessário diálogo, escutar, cooperar;
  • Dedicar um tempo para nos ouvir e avaliar o caminho que estamos trilhando e as escolhas que fazemos, e isso é possível por meio do autoconhecimento.

Tudo isso mostra que, ressignificando a espiritualidade, é possível ter uma vida mais rica e com um direcionamento mais assertivo.

Entretanto, ainda é um desafio para alguns alinhar o sentir e o agir, e mais uma vez, a conexão espiritual é o que permite encontrar a felicidade e a paz interior.

Conclusão

Tudo o que você viu acima sobre o tema ressignificando a espiritualidade, está muito pautado em separar espiritualidade de algo esotérico ou mesmo ligada somente à religião.

Sendo assim, a espiritualidade deve ser vista como algo muito maior do que a própria existência humana, de forma a deixar fluir a vida com muito mais harmonia e leveza.

Vale ressaltar que a busca pelo autoconhecimento é essencial nesse processo de ressignificação.

É claro que esse trabalho é diário, e não é da noite para o dia que você vai conseguir entender esse ressignificado da espiritualidade, mas é necessário que cada etapa da vida seja vivida em toda sua plenitude, incluindo alegrias e tristezas.

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × três =