Alavancar seu negócio com gerenciamento de taxas 

Em meio a pandemia, a crise econômica tem afetado a todos, abrir e manter um negócio não tem sido fácil em nenhum segmento. Por isso, mais do que nunca, o investimento em um bom gerenciamento de negócios tem se tornado essencial para todas as empresas.

Isso porque, em tempos conturbados, como o que enfrenta o mundo dos negócios atualmente, os problemas como a falta de planejamento, ineficiência da administração financeira e outras questões organizacionais, podem ser fatais para as instituições.

De acordo com um levantamento realizado pelo Sebrae, cerca de 27% das empresas abertas são obrigadas a encerrar as atividades antes mesmo de completar o primeiro ano de vida. E os problemas com a gestão estão entre as principais motivações das falências.

Contudo, segundo a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD), realizada entre o segundo trimestre de 2019 e o de 2021, o número de empregadores caiu 13,3% somente neste período pandêmico. Isso equivale ao fechamento de mais de 581 mil empresas.

Assim é possível notar como até mesmo os responsáveis pelos negócios de menor porte precisam, cada vez mais, investir em um curso de gestão financeira empresarial ou de administração de empresas, como forma de garantir estabilidade ao empreendimento.

O grande desenvolvimento do comércio digital

Entretanto, mesmo em meio a tantas dificuldades e incertezas, algumas empresas não somente garantiram sua sobrevivência, como expandiram os negócios e mantiveram-se em alta, por meio da adoção de conceitos aprendidos na faculdade de vendas online.

Isso porque, enquanto o mercado tradicional sofria com a necessidade do isolamento social e com a obrigatoriedade do encerramento das atividades presenciais, as organizações que foram capazes de se adaptar ao mercado digital encontraram formas de lucrar.

O mercado digital e o e-commerce eram setores que já apresentavam tendência de crescimento desde 2016 – e isso é muito atribuído ao aumento do acesso a dispositivos eletrônicos e à internet, pela população geral. 

No entanto, em meio a pandemia, esse modelo de negócio teve uma evolução considerável.

Acredita-se que neste período, o e-commerce ganhou mais 13 milhões de novos consumidores. 

Essas pessoas foram capazes de movimentar o mercado, fazendo com que o varejo digital passasse por um crescimento de 72,2% entre 2020 e 2021. Resultando no faturamento equivalente a R$ 35,2 bilhões.

Como consequência desse desenvolvimento, a procura pelos conhecimentos adquiridos na faculdade de vendas e marketing também cresceram muito – cerca de 103% apenas em 2020 –, uma vez que esses conceitos são essenciais para a geração de mais vendas.

A importância de uma boa gestão de negócios para o sucesso do e-commerce

A facilidade com que o mercado digital permite a inserção de uma empresa neste meio, faz com que o investimento na abertura de um e-commerce seja bastante atraente para os empresários das mais variadas áreas de atuação ou portes.

Contudo, ainda é bastante comum que esses administradores negligenciem a importância da gestão de marketing e vendas, bem como, do gerenciamento de todo o negócio. 

Assim, as facilidades apresentadas pelas ferramentas tecnológicas acabam se tornando um grande problema para as marcas.

Isso porque, o e-commerce também é uma empresa e por isso precisa ser organizada e administrada como tal. Um negócio virtual precisa ser capaz de sustentar toda a operação e o atendimento com disciplina e preparo, construindo uma estrutura bem estabelecida.

E isso inclui a:

  • Separação e ordenação de todos os departamentos;
  • Padronização do processo de atendimento;
  • Estabelecimento da logística das operações;
  • Contratação e monitoramento de funcionários capacitados;
  • Acompanhamento da jornada de compra dos clientes;
  • Análise da concorrência, entre muitos outros.

E neste cenário, o papel do gestor – que comumente é desempenhado pelo próprio empreendedor – é o de administrar, planejar, analisar e investir na engenharia dos processos, fazendo com que toda a empresa seja mais eficiente.

Para isso, a graduação em gestão de pessoas pode ser essencial, uma vez que o controle de pessoal será uma indispensabilidade em todas as etapas da gestão.

Como alavancar as vendas com o gerenciamento de taxas

A realização de uma boa gestão de negócios é essencial para viabilizar o controle de todos os processos operacionais e, consequentemente, do custo dessas atividades, que inevitavelmente interferem na vida financeira da instituição.

Além disso, como até 50% dos ganhos obtidos pela empresa podem ser taxados pelo governo, manter o equilíbrio das contas sem o auxílio de uma boa gestão de negócios, pode se tornar um grande desafio.

Afinal, para que essas taxas possam ser devidamente pagas e a empresa continue lucrando, será necessário aumentar cada vez mais os preços exigidos pelo serviço. 

E, com valores mais altos, os clientes podem acabar optando por investir em empresas concorrentes em vez de seguir comprando na sua loja.

Assim, a realização de um bom gerenciamento das taxas é essencial para a sobrevivência e crescimento do seu negócio, mesmo em ambiente virtual. 

Por isso, se você deseja garantir um controle maior dessa gestão, promovendo um alavancamento das vendas, atente-se com as seguintes dicas.

  1. Evite o endividamento

A realização de um curso de gestão financeira online pode ser muito importante para que os empresários consigam realizar um controle maior, das inúmeras taxas que são direcionadas às pessoas jurídicas, no Brasil.

Isso porque, além dos empréstimos que muitas vezes são necessários para iniciar o funcionamento de uma loja – e que dependendo do credor, podem possuir taxas de até 36% sobre o valor da parcela –, também é preciso lidar as com as tarifas de:

  • Contratação de serviços de cartão de crédito;
  • ICMS;
  • PIS;
  • COFINS;
  • IRPJ;
  • CSLL;
  • IPI, entre outros.

Ainda que muitas dessas cobranças sejam obrigatórias, é possível realizar um bom gerenciamento, garantindo que não haja um acúmulo de taxas dispensáveis e que todas as pendências possam ser pagas, sem que a lucratividade seja muito impactada.

Isso não significa evitar a busca por incentivos financeiros, mas de encontrar formas de realizar escolhas que melhor se encaixem na economia da sua empresa e utilizar esse dinheiro para custear o pagamento de contas atrasadas e que podem gerar juros altos.

  1. Faça acordos

A crise atual tem causado o surgimento de uma enorme quantidade de compromissos financeiros, que podem precisar de renegociações.

Neste caso, é bastante recomendado que os empreendedores procurem os credores para solicitar um aumento do prazo de pagamento ou até mesmo uma redução dos valores das parcelas mensais.

Para isso pode ser preciso que sejam utilizados argumentos jurídicos que corroborem a viabilidade da efetuação dessa renegociação, de forma que o novo acordo seja benéfico para ambas as partes.

Desta forma, possuir conhecimentos acerca do curso de gestão de recursos humanos presencial, para a contratação de gestores financeiros para esse trabalho, pode ser muito benéfico para as empresas de todos os tamanhos, segmentos ou modelos de negócio.

  1. Reveja os contratos

Muitos contratos disponibilizados pelos credores apresentam cláusulas especiais que disponibilizam medidas específicas para casos extraordinários ou para momentos de crise, como é o caso da pandemia do coronavírus e suas repercussões.

Por isso, caso seja muito necessário, revise com cuidado os contratos realizados e veja se há algum artigo que contemple medidas que possam ser recorridas ao credor como forma de possibilitar uma renegociação ou uma adaptação do contrato.

  1. Atenção com CAC, LTV e ROI

A gestão empresarial, como dito anteriormente, pode ser crucial para a identificação das despesas que podem ser cortadas e até mesmo de taxas extras que podem ser substituídas, como forma de obter mais recursos para lidar com os encargos.

Por isso, é muito importante manter-se atento com os Custos de Aquisição de Clientes (CAC), com o valor gasto durante o tempo com que esses consumidores passam na sua empresa e, principalmente (LTV), o retorno sob os investimentos realizados (ROI).

Isso envolve um conhecimento amplo sobre os conceitos de marketing e vendas, mas quando essas análises são realizadas com eficiência, são capazes de ajudar a identificar ações para resultados mais eficientes e quais apenas sugam recursos financeiros.

Por esse motivo, investir em uma faculdade de gestão de pessoas o que faz é tão importante. 

Assim os gestores poderão se certificar de contratar os colaboradores mais eficientes para essas tarefas, encontrando as melhores formas de fazer com que a empresa resista até as crises mais desafiadoras.Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog It Business Fórum, site voltado para a veiculação de conteúdos relevantes sobre negócios, startups e estratégias para pequenas, médias e grandes empresas.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 × 1 =