4 dicas de como fazer brainstorming

Para que uma empresa possa se manter no mercado, ela depende de boas estratégias de crescimento e de solução de problemas que surgem no dia a dia. Sendo assim, ela precisa saber como lidar com esses pontos, e o brainstorming é uma ótima ferramenta para isso.

Não é segredo para ninguém que a curva de ascensão de uma companhia nunca é feita apenas com momentos positivos. É preciso muita gestão e inovação para que a empresa consiga se destacar no mercado. 

Diante disso, nada mais natural do que buscar maneiras de resolver problemas e, além disso, de encontrar ideias que permitam um crescimento contínuo e eficiente da companhia, enquanto ela estiver exercendo as suas atividades. 

É verdade que os clientes estão sempre em busca de produtos e serviços que possam atender às suas necessidades. Ao procurar por um lar de idosos perto de mim, ele já tem no horizonte o que deseja encontrar para, então, contratar os serviços. 

A probabilidade desse cliente fechar um contrato é muito maior quando ele se depara com um estabelecimento diferenciado, que possui uma boa estrutura e que oferece serviços que se diferenciam da sua concorrência. 

Para chegar a esse resultado, o lar de idosos pode ter passado por vários problemas ao mesmo tempo em que pode ter conseguido inovar e desenvolver serviços que atendem ao público de modo cada vez mais satisfatório. 

Toda essa movimentação depende de ações que podem ocorrer dentro de um brainstorming, técnica fundamental que pode auxiliar empresas dos mais diversos segmentos a encontrar meios de se manter no mercado de maneira diferenciada. 

Por isso, entender o que é brainstorming, qual a importância dele e saber como colocá-lo em prática é fundamental dentro das estratégias de uma empresa. Neste artigo, é possível aprofundar mais os conhecimentos desse tema. 

O que é brainstorming? 

Quando uma companhia decide criar um novo produto, como um cercadinho de chão para bebê, ela passa por várias etapas até chegar ao resultado desejado. Mas, para isso, ela precisa reunir a sua equipe e encontrar as ideias que envolvem essa novidade. 

Uma ferramenta indispensável para fazer com que problemas possam ser resolvidos e para alinhar ideias que podem mudar os rumos da companhia é o brainstorming. De fato, o objetivo dele é encontrar soluções e fazer com que aconteça uma “chuva de ideias”.

O termo brainstorming foi criado por Alex Osborn, publicitário, há mais de 70 anos. Durante um longo período, ele foi um consenso entre os profissionais que exerciam funções criativas, pois estimulava conversas entre eles depois de reuniões realizadas com clientes.

Hoje em dia, o brainstorming é utilizado nos mais diversos segmentos do mercado, indo desde indústrias que fabricam telhado transparente para varanda até empresas que prestam serviços práticos para os clientes. 

Para ilustrar melhor o que é um brainstorming, é interessante entender qual é a estrutura desse tipo de reunião, que gera uma série de elementos que podem mudar os rumos de uma companhia. As etapas são as seguintes:

  • Explicação do problema;
  • Anotação das ideias de cada participante;
  • Apresentação das ideias a todo o grupo;
  • Reunião das ideias e análise.

Nem sempre esse formato vai ser repetido em todas as empresas. Afinal, cada estabelecimento possui as suas necessidades e as suas demandas. Mas, é válido dizer que há pontos importantes que precisam ser trabalhados. 

Em geral, os profissionais precisam expor suas ideias em voz alta e sem máscaras. Dessa forma, encontrar soluções para os problemas apresentados é muito mais fácil e eficiente. 

Ou seja, dentro de um brainstorming não deve haver críticas durante a apresentação, sendo assim deve ser um espaço de livre expressão. Isso porque o primeiro momento de um brainstorming é reunir ideias e não analisar a qualidade delas. 

Na prática, uma empresa que presta conserto de celular mais próximo pode encontrar no brainstorming uma nova frente de atuação que, ao ser apresentada na reunião, deverá ser lapidada até chegar no resultado desejado. 

Qual a importância dessa estratégia? 

É importante dizer que o brainstorming não se trata de uma reunião informal realizada apenas para trocar ideias. Ela deve ter um objetivo claro, que auxilie a equipe a encontrar uma solução eficaz para a companhia. 

Ao mesmo tempo, é essencial dizer que o brainstorming é uma ação de grande importância para qualquer companhia, pois ela é capaz de ir além do pensamento tradicional da empresa para permitir a conquista de soluções inovadoras. 

Por isso, um brainstorming é um momento essencial para a abordagem de temas que vão além do dia a dia, trazendo a ampliação das possibilidades com as quais a empresa conta no momento. 

Ao se voltar para conhecer a criatividade dos profissionais que trabalham no local, a espontaneidade ganha novos rumos dentro da empresa, o que vai impactar inclusive na segurança pessoal de cada colaborador e até mesmo no trabalho entregue no dia a dia. 

Em paralelo, o brainstorming se torna um elemento importante por trabalhar o espírito de equipe dentro da empresa. Funcionários que trabalham como brigadista para eventos, por exemplo, podem se apoiar muito mais após esse tipo de reunião.

Dessa forma, é possível dizer, com tranquilidade, que o brainstorming é uma ação benéfica em vários sentidos, pois traz soluções inovadoras, cria um maior envolvimento entre a equipe e garante que a criatividade seja estimulada na empresa. 

Como fazer o brainstorming

Depois de entender melhor sobre o que é o brainstorming e qual é a importância dele no mercado, vale a pena aprofundar um pouco mais no assunto para conhecer dicas que ajudam no processo, A seguir, é possível conhecer algumas delas. 

1. Apresentar o problema

Justamente por que um brainstorming é uma ferramenta para encontrar soluções, é fundamental começar apresentando qual é a questão que precisa ser resolvida no momento. 

Para fazer isso, é necessário se reunir com diferentes profissionais, mas outro meio que pode ajudar a amadurecer a ideia é conversar com algum deles antes, de modo a organizar tudo o que precisa ser dito. 

Também vale a pena pesquisar mais sobre como outras marcas do mercado lidam com o mesmo problema e, se for o caso, apurar pesquisas na internet para entender mais sobre o tema tratado. 

2. Dividir as tarefas com outros profissionais

Quando um brainstorming já está agendado para ocorrer, é fundamental que os gestores já tenham ideia do que vai ser abordado ali. Uma maneira de fazer isso com eficiência é estudar antes da reunião. 

Ao perceber uma demanda no mercado por aluguel de lancha para aniversário, por exemplo, é importante que os líderes já conheçam mais sobre o assunto e tragam subsídios que ajudem a comprovar o que está sendo dito. 

Sendo assim, para que não exista sobrecarga apenas em um membro da equipe, o indicado é dividir as tarefas relacionadas ao estudo do brainstorming com outras pessoas, para que elas contribuam com o trabalho e também para que se desenvolvam mais, 

3. Mostrar os dados coletados

No momento do brainstorming, é altamente indicado que os líderes da equipe saibam como estimular a criatividade dos seus profissionais, justamente para que eles possam contribuir de modo significativo com o processo. 

Assim, para falar sobre a produção de um novo item, como uma camisa de malha silkada, a dica é fazer uma apresentação geral sobre o tema e o segmento do mercado. Essa apresentação é capaz de dar um rumo para a conversa de modo geral. 

Isso porque além de conferir mais informações que talvez a equipe ainda não tivesse conhecimento, isso ajuda em uma imersão naquilo o que a empresa deseja chegar. Por isso, quanto mais partilha de conhecimentos houver no início, melhor. 

4. Saber ouvir e acolher ideias

Por fim, vale mencionar que um brainstorming não acontece apenas para selecionar ideais de modo aleatório. Tanto que o indicado é que se tome nota de todas as sugestões trazidas e, apenas depois, analisar cada uma delas com atenção. 

Justamente por isso, o brainstorming é uma chuva de ideias, pois ele se trata de criar e de apresentar pontos que podem ajudar a construir um serviço de conserto de tv próximo a mim que possa ser atrativo e interessante o suficiente para os clientes dessa empresa. 

Portanto, nada mais natural do que saber ouvir todas as sugestões apresentadas e, depois disso, selecionar aquilo o que mais se encaixa no horizonte daquele projeto, podendo assim garantir melhores resultados na aplicação dessa técnica. 

Considerações finais

Não há como negar que, para se destacar das suas concorrentes, as empresas precisam inovar e oferecer produtos ou serviços cada vez mais úteis e interessantes aos seus clientes. 

Para isso, o brainstorming é a ferramenta ideal para captar novas ideias e desenvolver projetos promissores em cima delas. Sendo assim, é altamente indicado inserir essa técnica no dia a dia da empresa, podendo assim otimizar e aperfeiçoar o trabalho realizado por ela. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Fique bem informado dos acontecimentos do dia dia e sobre assuntos que somente aqui são abordados e destrinchados para você leitor estar sem bem informado e consumindo conteúdo de qualidade em nosso portal de conteúdo. Seja bem vindo ao Jornal Agora Brasil e fique a vontade

Related Posts

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 + 20 =